As Técnicas usadas na Micropigmentação Capilar

Identifique aqui a técnica de Micropigmentação Capilar ideal para você

As técnicas apresentadas servirão para orientar quem pretende se submeter ao procedimento. Para decisão da técnica certa o perfil e histórico de cada indivíduo será influente na decisão do projeto ideal. Poderá ser usada mais de uma técnica em um procedimento, isso dependerá da necessidade e interpretação artística da situação

Técnica Cabelo Raspado®: Tratamento simulando cabelo rapado na lâmina ou máquina zero.

Técnica Fio-a-Fio 3D®: Tratamento simulando cabelo rapado na maquina nº 1 (um).

Técnica Fundo Suave Interativo®: Tratamento preenche o fundo interagindo com movimento natural desde o redemoinho.

Técnica Fundo  Suave Homogêneo®: Tratamento que preenche o fundo de forma suave quebrando o clarão da calvície, amenizando o impacto e contraste, dando a ilusão de maior densidade e preenchimento.

Técnica Fundo Denso®: Tratamento que preenche o fundo dando a ilusão de maior densidade e preenchimento.

Técnica Cicatriz: Cobrir Cicatrizes de transplante, acidente ou cirurgia.


Técnica Cabelo Raspado

 Simula cabelo rapado na lâmina ou máquina zeromicropigmentação capilar técnica cabelo rapado para calvície em estágio avançado

Que tamanho devo usar o cabelo após fazer essa técnica?

Tamanho que deverá conservar o cabelo para usar essa técnica:  Raspado na máquina zero baixa ou na lâmina/gilete. Deverá fazer o corte de cabelo entre 2 e 5 dias dependendo de cada caso. É essencial conservar os cabelos cortados no tamanho do dia da execução, de acordo com o projeto inicial, para que haja o resultado planejado.

Quem tem indicação para usar essa técnica?

Essa técnica é indicada para

  • Quem possui uma pequena rarefação;
  • Quem teve uma perda expressiva na parte superior;
  • Quem possui uma ausência total de cabelos na parte superior da cabeça,  nas entradas ou no vértex (coroa/cocuruto);
  • Quem não tem nenhum cabelo, a exemplo da Alopecia Universal;
  • Casos de Alopecia Areata, Alopecia Cicatricial, Alopecia de Tração ou Traumática;
  • Essa técnica poderá ser executada em qualquer tipo de falta de cabelos e em calvície genética em qualquer estágio.

Como é feito o procedimento?

Para a execução: O procedimento será executado em uma sessão/etapa pigmentando toda a região calva com um fundo suave e natural, com cor similar à cor de couro cabeludo com cabelo rapado na maquina zero ou navalha. Trabalha-se a região da frente restaurando a linha da testa e a região das entradas com vestígios da calvície, o vértex (coroa/cocuruto) e a parte superior, camuflando o fundo cor de pele. O resultado deverá respeitar a anatomia e desenho natural do paciente tanto na linha da testa quanto nas entradas. Também será pigmentado nas laterais e na região das têmporas rarefeitas.

Qual o resultado esperado?

Resultado: Reproduz o efeito ótico de cabeça raspada na lâmina ou máquina nº zero escondendo os vestígios da calvície. O resultado é suave dando a ilusão de cabelo raspado, camufla o fundo claro cor de pele do couro cabeludo com calvície ou ausência total de cabelos. O pigmento ideal para cada caso e tonalidade de cabelo será obtido com colorimetria, que são cores preparadas com a mistura de tintas. Camufla-se toda a área atingida pela calvície. O resultado é uma grande mudança no visual, rejuvenescendo, sendo imperceptível a presença de um procedimento no dia a dia.

CLIQUE AQUI PARA VER FOTOS DE RESULTADOS DA TÉCNICA

obs.: Respeitaremos a linha da frente (testa) não fazendo a linha de maneira artificial, frisadas, parecendo uma “cuia”, estilo pagodeiro, aquelas tão conhecidas linhas no meio da testa, retas e com acabamento muito artificial que vemos em anúncios na internet. Respeitaremos as entradas naturais com um desenho anatômico. Só será feito uma linha muito adiantada, na região da testa, caso o paciente exija. Apesar de não ser o estilo do trabalho de Elan Mello, irá ficar com acabamento que imita cabelo real.

Quantas sessões serão necessárias para realizar essa técnica?

Estimativa de tempo para realizar: A técnica Cabelo Raspado® será executada em uma etapa/sessão de  no máximo 5 horas de trabalho. Em até dois anos depois da execução do procedimento, caso o cliente queira um reforço, qualquer outra modificação ou manutenção, essa outra etapa terá um preço reduzido de acordo com a tabela da clínica para”segunda sessão ou manutenção”

Agora que você já sabe mais sobre a técnica acesse o link para realizar sua compra 

agendar micropigmentação capilar cabelo raspado

Voltar aoTopo


Técnica fio-a-fio 3D®

Simulando cabelo rapado na maquina nº 1 (um).

Para realizar essa técnica será necessário trabalhar as duas sessões

Tamanho que deverá conservar o cabelo para usar essa técnica: Raspado na maquina zero baixa, zero alta ou na lâmina/navalha/gilete e em alguns poucos casos permitirá máquina nº 1. Dependendo de cada perfil o cliente será orientado pelo dermopigmentador qual desses cortes de cabelo citados será o melhor para usar o cabelo.

Essa técnica é indicada para:

  •  Quem teve uma perda expressiva na parte superior e apresente um recuo significativo da linha frontal e no vértex (coroa/cocuruto), com ausência de cabelos nessa região ou que esteja bastante rarefeito e com a haste (fio de cabelo) afinada;
  •  Quem possui uma ausência total de cabelos na parte superior da cabeça, nas entradas ou no vértex (coroa/cocuruto);
  •  Quem não tem nenhum cabelo, a exemplo da Alopecia Universal;
  •  Quem fez transplante capilar e teve um resultado com baixa densidade na parte frontal e posterior vértex (coroa/cocuruto), com um número pequeno de cabelos resultante do transplante;
  •  Alguns casos de Alopecia Areata, de Alopecia Cicatricial ou de Alopecia de Tração ou Traumática.

Para a execução: Serão trabalhadas duas sessões/etapas para concluir essa técnica.

  1. Na primeira sessão/etapa pigmenta-se com a técnica fio-a-fio 3D® reproduzindo artisticamente a cor do cabelo em toda a região calva, nas laterais, na parte superior, no vértex (coroa/cocuruto) e onde for necessário para que não haja diferença da área calva pigmentada em relação à região do couro cabeludo com cabelos.
  2. Na segunda sessão/etapa pigmenta-se reproduzindo artisticamente os fios da técnica fio-a-fio 3D®, fidelizando o movimento natural dos cabelos desde o redemoinho, cobrindo toda a área atingida pela calvície ou falta de cabelos. O desenho da linha da frente será executado de forma natural e discreta, respeitando a anatomia e linha natural da pessoa tanto na região da testa quanto nas entradas.

Resultado: Reproduz o efeito ótico e a cor de cabeça raspada na máquina nº 1 (um). O resultado é natural, ficando imperceptível a existência de um procedimento. O procedimento restaura e elimina os vestígios da calvície  na linha da frente, nas entradas, na região superior e no vértex (coroa/cocuruto).

Estimativa de tempo para realizar: A técnica fio-a-fio 3D® será executada em duas sessões/etapas, com estimativa de duração de no máximo 6 horas de trabalhos em cada sessão.

Informações corretas para saber sobre Técnica fio-a-fio 3D®:

  • O nome “3D” mostra uma verdadeira tridimensionalidade que ficará sensível ao toque?

NÃO, o nome se dá ao efeito artístico realista atingido.

  • Será implantado cabelo com a técnica fio-a-fio 3D®?

NÃO, os fios serão desenhados contando com profundo conhecimento técnico e indiscutível talento artístico do dermopigmentador.

  • O que significa a sigla “3D” em Micropigmentação Capilar na técnica fio-a-fio 3D®?

O resultado da Micropigmentação Capilar na técnica fio-a-fio 3D®, por se tratar de um desenho, será sempre bidimensional. A ilusão ótica tridimensional (efeito 3D) é alcançada pelas mãos experientes e talentosas do artista e dermopigmentador. Cada sessão é uma verdadeira obra de arte que com talento, técnica e prática atinge-se efeitos realista de cabelos naturais, sendo difícil de identificar até mesmo a poucos centímetros de distância que se trata de um procedimento.
Para alcançar resultados cosméticos artísticos expressivos e ideais, o profissional que executa a técnica fio-a-fio 3D® deve ser qualificado, tendo bastante conhecimento técnico e muita prática em dermopigmentação no couro cabeludo além de prática em outros segmentos dermopigmentação executadas em outras parte do corpo como a tatuagem artística, a maquiagem definitiva e correções na área paramédica. É imprescindível que o dermopigmentador seja um exímio artista para que haja um resultado satisfatório na execução da técnica fio-a-fio 3D®.
Voltar aoTopo


Técnica Fundo Suave Interativo®Tratamento que preenche o fundo do couro cabeludo, interagindo com movimento natural dos cabelos desde o redemoinho.

Tamanho que deverá conservar (usar) o cabelo para essa técnica: Cortado na máquina nº 1 até a nº 4 e em alguns casos, dependendo da quantidade de cabelos existentes, o cliente poderá usar os fios maiores, cortados na tesoura (dependendo de cada perfil a pessoa será orientada qual o melhor número na máquina ou se poderá usar cortado na tesoura e de que tamanho usar na hora de cortar os cabelos). Dependendo do número de cabelos na região afetada pela calvície e a densidade (quantidade de cabelos) na lateral não afetada pela calvície, os cabelos deverão ser cortados em um tamanho que não fique muito denso e escuro nas laterais, para não mostrar diferença entre o procedimento mais claro (suave) e o cabelo mais escuro. Com o passar dos dias após cortar os cabelos, sempre que houver diferença, mostrando o cabelo mais escuro e o procedimento mais claro, deverá ser feto o corte de cabelo para que o resultado fique natural e siga o projeto inicial, no dia da execução.

Técnica é indicada para:

  •  Quem NÃO teve uma perda muito expressiva ou total e que tenha apenas rarefação na região superior e no vértex (coroa/cocuruto), conservando um número razoável de fios nessa região, na linha frontal e nas entradas, de maneira que haja fios de cabelo para interagir com a Micropigmentação Capilar;
  •  Quem fez Transplante Capilar em toda área afetada pela calvície com um número razoável de fios nessa região, na linha frontal e nas entradas, de maneira que haja fios de cabelo para interagir com a Micropigmentação Capilar. A técnica será um reforço para aumentar a ilusão de densidade em transplantes que não conseguem um bom fechamento;
  •  Alguns casos de Alopecia Areata, de Alopecia Cicatricial e de Alopecia de Tração ou Traumática.

A Execução:  O procedimento será executado em uma sessão/etapa pigmentando toda a região calva para escurece-la de forma suave e natural. Trabalha-se a região da frente reforçando a linha da testa e nas entradas, somente onde tenha cabelos, interagindo com o movimento destes, não ultrapassando  o limite da linha frontal para que não fique pigmento exposto na testa além dos cabelos. Pigmenta-se o vértex (coroa/cocuruto) e a parte superior escurecendo e camuflando o fundo cor de pele, interagindo com os cabelos que ainda restam ali, acompanhando o desenho e movimento do redemoinho. Também será pigmentado nas laterais obtendo maior densidade na região das têmporas rarefeitas.

O Resultado: Reproduz-se um efeito ótico de cabelo com maior densidade escondendo os vestígios da calvície. O resultado é suave e escurece o fundo claro cor de pele do couro cabeludo, com brilho, que aparece contrastando entre os cabelos rarefeitos,  igualando a cor do couro cabeludo com a cor dos cabelos através do pigmento obtido com colorimetria, que são cores personalizadas preparadas com a mistura de tintas, alcançando a cor ideal para cada tonalidade de cabelo. Interage sutilmente com o movimento natural dos cabelos desde o redemoinho camuflando toda a área atingida pela calvície. O resultado proporciona uma grande mudança no visual, rejuvenescendo, sendo imperceptível a presença de um procedimento no dia a dia. Esse procedimento é um excelente complemento para o trabalho do cirurgião que realiza o transplante capilar e não obtém um resultado satisfatório na densidade e números de fios resultantes da cirurgia.

Estimativa de sessão/etapa e tempo para realizar: A técnica Fundo Suave Interativo® será executada em uma sessão/etapa com estimativa de duração de no máximo 6 horas de trabalho.      Voltar aoTopo


Técnica Fundo Suave Homogêneo®: Tratamento que preenche o fundo do couro cabeludo, dando a ilusão de maior densidade e preenchimento de cabelos.

Tamanho que deverá conservar o cabelo para usar essa técnica: Na região superior os fios de cabelo deverão ser usados com mais de 5 cm de comprimento (nunca menor que isso). Na lateral deve ser do tamanho que não dê transparência e visibilidade do couro cabeludo entre os cabelos. Na região do vértex (coroa/cocuruto) e na região superior deverá manter no tamanho e no penteado que propicie uma cobertura (fechamento) não deixando exposto o procedimento, tendo sempre alguns fios sobrepondo a região trabalhada. Nos casos em que na região do vértex (coroa/cocuruto) houverem poucos ou nenhum cabelo, os cabelos da região da frente deverão ser grandes o bastante (de 20 à 25 cm) para que quando penteados para traz atinjam a coroa de maneira que estes façam uma cobertura dessa região, não deixando a micropigmentação exposta. Se no dia que foi realizado o procedimento os fios não tenham um tamanho ideal para fazerem essa cobertura, o usuário da técnica deverá deixa-los crescer de forma que faça a cobertura da região do vértex desprovida de cabelos.

Técnica é indicada para:

  • Homens com menos de 50 anos, que usem os cabelos com fios maiores que 5 cm, que ainda NÃO tenham uma calvície definida mas que esteja menos ativa, que não tenham tido uma perda expressiva, que na região superior e no vértex (coroa/cocuruto) não tenham tido uma perda total dos cabelos, que possuam muitos fios em cima mesmo que rarefeitos e afinados, que ainda tenham a linha frontal (na testa) e as entradas sem muito recuo e com uma quantidade razoável de cabelos. Nos casos em que na região coroa/cocuruto não houver cabelo, os cabelos da região da frente deverão ser grandes o bastante (de 20 à 25 cm) para que quando penteados para traz atinjam a coroa e façam uma cobertura dessa região, caso no dia que foi realizado o procedimento o comprimento dos fios não sejam o bastante para fazer essa cobertura o usuário da técnica deverá deixar crescer de forma que faça a cobertura da região do vértex desprovida de cabelos.
  • Mulheres com os cabelos maiores que 5 cm, onde deverá ser avaliado a causa da perda de cabelos. Será influente na decisão de optar por essa técnica, considerar a quantidade de cabelos ainda presentes e saber se o que motivou ao quadro ainda está em atividade não dando uma definição à calvície e perda de cabelos, que poderá aumentar. Caso ainda haja queda de cabelos e o quadro ainda esteja em atividade, será optado pela execução dessa técnica (Fundo Suave Homogêneo®), que usa uma concentração menor de pigmento na tinta, para na hipótese de haver uma queda maior de cabelos e seja preciso fazer uma remoção (laser) para que não fique exposto uma pigmentação com aspecto artificial, essa intervenção seja facilitada pela baixa concentração de pigmento implantado. Na certeza da queda de cabelos estar controlada e inativa poderá optar por outra técnica, a Fundo Denso®, que atinge resultados semelhante porém usa uma quantidade maior de pigmento, com resultados mais duradouro.
  • Quem fez Transplante Capilar (homens e mulheres em qualquer idade) que tenha cabelo transplantado em quase toda área afetada pela calvície e NÃO tenha atingido uma boa cobertura com um número insatisfatório de cabelos deixando à mostra muito do fundo claro do couro cabeludo. A técnica é indicada para quem pretende um reforço que aumente a ilusão de densidade capilar.

Observação: Quem tem transplante na região da frente, porém na região do vértex (coroa/cocuruto) não tenha cabelos naturais ou provenientes de transplante, os cabelos da frente deveram ser usados de tamanho que cubram a região do vértex sem transplante e sem cabelos. Caso no dia que for realizado o procedimento o tamanho dos fios não sejam o bastante para fazerem essa cobertura o usuário da técnica deverá deixar crescer de forma que faça a cobertura da região do vértex desprovida de cabelos, o descumprimento dessa regra poderá comprometer o resultado.

  • Alguns casos de Alopecia Areata, de Alopecia Cicatricial e de Alopecia de Tração ou Traumática.

A Execução:  O procedimento será executado pigmentando toda a região calva com o objetivo de escurece-la. Trabalha-se toda a região da frente, reforçando a linha na região da testa e nas entradas somente até onde tenha cabelos, não ultrapassando o limite da linha para que não fique pigmento exposto na testa além dos cabelos. No vértex (coroa/cocuruto) e na parte de cima faz-se um trabalho escurecendo o fundo cor de pele e em alguns casos podendo interagir com o movimento dos cabelos fazendo mechas ou acompanhando o desenho do redemoinho. Também será pigmentado nas laterais até na altura das orelhas obtendo maior densidade em quem tenha a região das têmporas rarefeitas.

O Resultado: Reproduz o efeito ótico de maior densidade capilar, eliminando os vestígios da calvície. Escurece o fundo claro cor de pele do couro cabeludo que sobressai contrastando com a cor dos cabelos usados com hastes/fios grandes maior que 5 cm, ajustando a cor dos dois através do pigmento obtido com a colorimetria (cores personalizadas resultantes de mistura de tintas) alcançando a cor ideal para cada tonalidade de cabelo. O resultado proporciona uma grande mudança no visual, rejuvenescendo. Esse procedimento será um excelente complemento para o trabalho do cirurgião que realiza o transplante capilar, não obtendo um resultado satisfatório na densidade e nos números de fios resultantes da cirurgia.

*Estimativa de sessão/etapas e tempo para realizar: A Técnica Fundo Suave Homogêneo® será executada em uma sessão/etapa com estimativa de duração de até 6 horas de trabalho.

*Embora ocorra em  menos de 1% dos casos, em qualquer técnica poderá haver a necessidade de execução de etapa para ajuste de cores e intensidade e a não realização dessa etapa poderá comprometer o resultado.   Voltar aoTopo


Técnica Fundo Denso®: Tratamento que preenche o fundo do couro cabeludo, dando a ilusão de maior densidade e preenchimento de cabelos.

Tamanho que deverá conservar o cabelo para usar essa técnica: Na região superior os fios de cabelo deverão ser usados com mais de 5 cm de comprimento (nunca menor que isso). Na lateral deve ser do tamanho que não dê transparência e visibilidade do couro cabeludo entre os cabelos. Na região do vértex (coroa/cocuruto) e na região superior deverá manter no tamanho e no penteado que propicie uma cobertura (fechamento) não deixando exposto o procedimento, tendo sempre alguns fios sobrepondo a região trabalhada. Nos casos em que na região do vértex (coroa/cocuruto) houverem poucos ou nenhum cabelo, os cabelos da região da frente deverão ser grandes o bastante (de 20 à 25 cm) para que quando penteados para traz atinjam a coroa de maneira que estes façam uma cobertura dessa região, não deixando a micropigmentação exposta. Se no dia que foi realizado o procedimento os fios não tenham um tamanho ideal para fazer essa cobertura, o usuário da técnica deverá deixa-los crescer de forma que faça a cobertura da região do vértex desprovida de cabelos.

Técnica é indicada para: 

  •  Homem com mais de 50 anosHomem com mais de 50 anos, que use os cabelos com o fio maiores que 5 cm, que já tenha uma calvície genética definida e estacionada (inativa ou pouco ativa), que não tenha tido uma perda expressiva, que na região superior e no vértex (coroa/cocuruto) não tenha tido uma perda total dos cabelos, que possua muitos fios em cima mesmo que rarefeitos e afinados ou transplantados, que ainda tenha na linha frontal (na testa) e nas entradas uma quantidade razoável de cabelos e sem muito recuo nessa linha. Nos casos em que na região coroa/cocuruto não houver cabelo, os cabelos da região da frente deverão ser grandes o bastante (de 20 à 25 cm) para que quando penteados para traz atinjam a coroa e façam uma cobertura dessa região, caso no dia que foi realizado o procedimento o comprimento dos fios não sejam o bastante para fazer essa cobertura o usuário da técnica deverá deixar crescer de forma que faça a cobertura da região do vértex desprovida de cabelos.
  •  Mulheres que usem os cabelos maiores que 5 cm, onde deverá ser avaliado a causa da perda de cabelos. Será influente na decisão de optar por essa técnica, considerar a quantidade de cabelos ainda presentes e saber se o que motivou ao quadro não está mais em atividade dando uma definição à calvície e à perda de cabelos. Caso não haja mais queda de cabelos e esteja estacionada, poderá ser optado pela execução dessa  técnica (Fundo Denso®), que usa uma concentração maior de pigmento na tinta, tendo uma certa segurança que não haverá uma perda maior dos cabelos e não será preciso fazer uma remoção (laser) para que não fique exposto a pigmentação de forma artificial. Na dúvida quanto à atividade na queda de cabelos deverá-se optar por outra técnica, a Fundo Suave Homogêneo®, que atinge resultados semelhante porém usa uma quantidade menor de pigmento, com resultados menos duradouro.
  • Quem fez Transplante Capilar (homens e mulheres em qualquer idade) que tenha cabelo transplantado em toda área afetada pela calvície, atingindo uma boa cobertura com um número satisfatório de cabelos, mas ainda deixando à mostra o fundo claro do couro cabeludo. A técnica é indicada para quem pretende um reforço para aumentar a ilusão de densidade capilar.

Observação: Quem tem transplante na região da frente, porém na região do vértex (coroa/cocuruto) não tenha cabelos naturais ou provenientes de transplante, os cabelos da frente deveram ser usados de tamanho que cubram a região do vértex sem transplante e sem cabelos. Caso no dia que for realizado o procedimento o tamanho dos fios não sejam o bastante para fazer essa cobertura o usuário da técnica deverá deixar crescer de forma que faça a cobertura da região do vértex desprovida de cabelos, o descumprimento dessa regra poderá comprometer o resultado.

  • Alguns casos de Alopecia Areata, de Alopecia Cicatricial e de Alopecia de Tração ou Traumática.

A Execução:  O procedimento será executado pigmentando toda a região calva com o objetivo de escurece-la. Trabalha-se toda a região da frente, reforçando a linha na região da testa e nas entradas somente até onde tenha cabelos, não ultrapassando o limite da linha para que não fique pigmento exposto na testa além dos cabelos. No vértex (coroa/cocuruto) e na parte de cima faz-se um trabalho escurecendo o fundo cor de pele e em alguns casos podendo interagir com o movimento dos cabelos fazendo mechas ou acompanhando o desenho do redemoinho. Também será pigmentado nas laterais até na altura das orelhas obtendo maior densidade em quem tenha a região das têmporas rarefeitas.

O Resultado: Reproduz o efeito ótico de maior densidade capilar, eliminando os vestígios da calvície. Escurece o fundo claro cor de pele do couro cabeludo que sobressai contrastando com a cor dos cabelos usados com hastes/fios grandes maior que 5 cm, ajustando a cor dos dois através do pigmento obtido com a colorimetria (cores personalizadas resultantes de mistura de tintas) alcançando a cor ideal para cada tonalidade de cabelo. O resultado proporciona uma grande mudança no visual, rejuvenescendo. Esse procedimento será um excelente complemento para o trabalho do cirurgião que realiza o transplante capilar, não obtendo um resultado satisfatório na densidade e nos números de fios resultantes da cirurgia.

*Estimativa de sessão/etapas e tempo para realizar: A Técnica Fundo Denso® será executada em uma sessão/etapa com estimativa de duração de até 6 horas de trabalho.

*Embora ocorra em  menos de 1% dos casos, em qualquer técnica poderá haver a necessidade de execução de etapa para ajuste de cores e intensidade e a não realização dessa etapa poderá comprometer o resultado.          Voltar aoTopo
 

micropigmentação-capilar-elan-mello-foto-antes-depois-cicatriz-transplante-fue1Técnica Cicatriz: Cobrir Cicatrizes de transplante, acidente ou cirurgia.

Através de técnicas específicas, realiza-se uma cobertura completa de toda a cicatriz, escondendo seus sinais evidentes. Ela é realizada em todas as situações: com o cabelo raspado, com cabelo médio/curto ou longo.
Voltar aoTopo


Sobre o corte de cabelo após o procedimento

No ato do agendamento, através de um e-mail o cliente é orientado e deverá cortar o cabelo da sua forma habitual ou após debater com um representante da clínica sobre a técnica a ser usada e o corte ideal para essa técnica. Esse corte deverá ser feito um dia antes de realizar a técnica para que o procedimento seja ideal para se usar com o cabelo no tamanho do dia da execução, Dependendo do projeto, da técnica usada e do o perfil do cliente, em alguns casos irão permitir que se use o cabelo um pouco maior que no dia da execução, ou seja, alguns clientes na prática perceberão que poderão fazer o corte de cabelo com intervalo de mais dias e outros com menos dias.

Em todas as técnicas de procedimentos de Micropigmentação Capilar realizados em nossa clínica será necessário, por parte do cliente, que haja disciplina na manutenção quanto ao tamanho e periodicidade do corte, que deverá ser feitos de acordo com o projeto e orientação do profissional. Apesar de haver algumas raras exceções, geralmente não permitirá que se faça o corte do cabelo menor do que foi combinado e que estava usando no dia da realização do procedimento. O que foi combinado entre o cliente e o dermopigmentador e a orientação quanto ao tamanho e periodicidade do corte do cabelo certo para se usar após realizar o procedimento irá constar na ficha de cada cliente que será preenchida no dia do procedimento, antes da realização do mesmo.

Apesar da indicação e orientação que são passadas para se usar o tamanho do cabelo e também sobre a periodicidade do corte (de acordo com o projeto no dia da execução). Em alguns casos irão permitir que se use um pouco maior ou menor e que a manutenção de corte seja feita com menos ou mais frequência que o tratado no projeto inicial, mas não garantimos essa flexibilidade quanto ao corte e tamanho, e somente a prática e o dia a dia irão mostrar a viabilidade de outra regra que não seja a planejada.

Caso o cliente pretenda usar o cabelo com corte diferente do planejado, apenas por querer um novo estilo ou devido à uma calvície que tenha aumentado, nos casos em que essa mudança de estilo do corte não seja possível sem modificar a técnica do procedimento ele terá que fazer uma nova etapa de procedimento (cobrada em novo orçamento). Quando a situação não permitir essa mudança de estilo só com a realização de um novo procedimento por existir ainda pigmentos muito intensos que foram planejados para o projeto inicial/anterior, a remoção do pigmento deverá ser feita (por raio laser) para que se faça o novo procedimento na nova técnica pretendida.

Geralmente nos procedimentos que se usa os pigmentos mais escuro se a calvície aumentar antes do prazo de renovação desse pigmento que se da entre 2 e 8 anos para evitar que o pigmento do procedimento fique exposto denunciando a existência de um procedimento será necessário fazer uma adaptação (modificação) para  uma nova técnica para cabelo cortado na maquina ou raspado na lâmina. Para isso o pretendente deverá de se fazer o clareamento ou remoção com Raio Laser e só depois será executado um novo procedimento com o outro estilo  indicado, de acordo com a nova realidade da calvície do cliente. Para  o novo procedimento será cobrado o  preço de primeira etapa de acordo com a tabela de preços atuais.

De acordo com as técnicas criadas em nossa clínica pelo dermopigmentador Elan Mello existem cinco tipos de estilos/técnicas de procedimento, se de acordo com a realidade e perfil do cliente for indicada a execução de um procedimento para cabelo maior, onde se faz um fundo escurecendo o couro cabeludo (muito usado em clientes que tenham transplantes) sem desenhar cabelos ou bulbo e esse cliente queira ou precise mudar o estilo para cabelo menor onde se desenhe fio-a-fio ou folículo (bulbo, pontinhos), caso o procedimento deste cliente ainda não tenha clareado de maneira que permita a execução de nova etapa mudando o estilo, será necessário fazer remoção com raio laser e assim preparar a região para um novo procedimento. O novo procedimento será executado com o preço conforme a tabela de preços, sendo considerado preço de primeira etapa.

Para os procedimento com tons de pigmentos mais escuros e concentrados, geralmente os projetados para se usar com corte na tesoura, com a haste (fio) com tamanho em média de 5 cm, mesmo nos casos que permitiram que se use o cabelo com um corte mais baixo que o combinado no dia do procedimento, dificilmente este cliente poderá cortar o cabelo mais curto que na máquina n° 4, no entanto só a prática e o dia a dia poderá mostrar a viabilidade de um corte menor.

Só se desenha cabelo fio a fio com redemoinho ou folículos (bulbo, pontinhos) em clientes que usam ou pretendam usar o corte de cabelo na gilete ou na maquina  “0” e “0 alta”. No dia do procedimento o pretendente à técnica deverá se apresentar com os cabelos em um desses cortes, conforme orientado no e-mail de agendamento, devendo conservar o mesmo corte realizando uma manutenção periódica de corte, que geralmente é de 3 em 3 dias para que haja um resultado mais natural (foto tirada no dia servirá de arquivo para lembrar o tamanho do cabelo no dia do procedimento).

Caso o procedimento seja planejado para um tipo de corte na tesoura ou número de máquina e após a cicatrização haja um clareamento maior que o esperado o cliente deverá avaliar a possibilidade de neutralizar essa diferença abaixando um poco o corte de cabelo.

Remoção do procedimento

Caso o perfil  ou desenho da calvície mude, diminuindo o número de cabelos antes do prazo de renovação do pigmento e esse continue escuro e o usuário da técnica não queira ficar com pigmento exposto de maneira esteticamente desconfortável e pretenda remove-lo, existem no mercado várias técnicas que prometem essa remoção, porém, como praticantes de dermopigmentação sabemos que a intervenção que poderá fazer essa remoção com maior eficácia é intervenção de remoção de pigmento na epiderme através de raio laser realizada por um profissional autorizado para tal procedimento. Salientamos que é de total responsabilidade do cliente quanto aos gastos, escolha da técnica que irá usar na remoção, escolha do profissional e quanto ao resultado atingido em tal intervenção.

A remoção com raio laser ou qualquer outra técnica de remoção não é executada em nossa clínica, sendo o cliente responsável pela escolha do profissional que irá realiza-la, pelos gastos na intervenção e pelos resultados atingidos nessa intervenção.

Quando em nossos textos falamos na data de 2 a 8 anos de duração do pigmento conforme a técnica usada, estamos nos referindo ao tempo que geralmente será necessário fazer uma manutenção/reforço/retoque no procedimento devido ao clareamento do mesmo. Geralmente a tinta nunca irá sair totalmente se não houver uma intervenção, onde a técnica mais indicada para remoção é a de Raio Laser. Se não houver intervenção para remoção, a tinta vai clareando aos poucos, o que leva a uma mudança na tonalidade da cor. Essa ação, a despigmentação e clareamento natural que acontece ao longo dos anos, acontece devido vários fatores que geralmente estão ligados à atividades fisiológicas da derme. Os fatores mais influentes para o clareamento desse pigmento são: A oleosidade (atividade das glândulas sebáceas), incidência de raio ultra violeta, uso de loções e a capacidade de fagocitose de cada um, que geralmente em indivíduos mais novos é maior e há maior perda.

Em pessoas que possuem um histórico de transplante capilar e se for daqueles que geralmente deixa uma derme mais espessa, grossa ou fibrosada e clara demais (aspecto esbranquiçado) esse clareamento é percebido com mais intensidade.

Segunda etapa

A técnica fio a fio 3D sempre é realizada em duas etapas. Mas mesmo nas técnicas e casos projetados e executados em uma só etapa, em 0,1%  (1  a cada 1000) dos procedimentos executados observa se a necessidade de executar 2ª etapa. Isso acontece devido às diferenças fisiológicas particulares de cada organismo que são totalmente influentes na cicatrização e interferem diretamente na capacidade da derme em conservar mais ou menos pigmentos após a cicatrização. A execução da segunda etapa sera cobrada no dia da execução com prévio orçamento, os valores cobrados na segunda etapa são destinados a cobrir os gastos que envolvem a realização dessa etapa, visto que, na primeira etapa não são cobrado valores que cubram as despesas numa eventual segunda etapa. Em qualquer etapa subsequente à planejada para execução do trabalho, independente da técnica usada,  essa etapa será cobrada de acordo com a tabela de preços da clínica.

Em caso da renovação do pigmento, ou seja, se o pigmento clarear, sair ou diminuir a intensidade em qualquer que seja a data após a realização do procedimento e o cliente opte por fazer nova etapa, ela será cobrada de acordo com a “tabela de preços” atual, que garante quase 50% de desconto sobre o preço da primeira etapa, desde que seja executada em  um prazo de dois anos a contar da data da execução da primeira etapa

Região da nuca

Em procedimentos onde haja a necessidade de fazer a nuca, essa região geralmente é executada em etapa separada (2ª em diante) cobrada conforme um prévio orçamento.

Cicatrizes

Quando a Micropigmentação Capilar é realizada somente na cicatriz (reparo localizado) poderá ser necessário a execução de mais de uma etapa, podendo chegar até a 4 etapas.

Em cicatrizes, por se tratar de uma pele com textura e cores diferentes, além da própria estrutura que propicia uma fixação menor do pigmento, poderá ser necessário mais de uma etapa, cada etapa será cobrada separadamente.

Técnicas Usadas na Micropigmentação Capilar
Elan Mello Micropigmentação Capilar